Inspirados pela adrenalina de Mad Max: Estrada da Fúria (2015) resgatamos os videoclipes que também caíram na estrada...

O controverso "My Favourite Game" (1998) mostra a vocalista do The Cardigans, Nina Persson, dirigindo loucamente pelo deserto um Cadillac Eldorado 1974 conversível, ao lado de seu Gato Félix de pelúcia. Apesar das tentativas do diretor Jonas Åkerlund de escapar da censura ao editar quatro finais diferentes para o vídeo, alguns canais, incluindo a MTV do Reino Unido, não o exibiram por medo de incentivo a comportamentos nocivos e possíveis acidentes.

Além dos longas Spun – Sem Limites (2002), Os Cavaleiros do Apocalipse (2009) e Inquilino Desajeitado (2012), Åkerlund dirigiu quase uma centena de clipes, entre eles "Whiskey in the Jar" (1999) e "Turn the Page" (1998) do Metallica, parte documentário simulacro em que a lenda pornô Ginger Lynn Allen simula uma stripper.

Sugerida por Renato Silveira, a faixa "Open Your Eyes" (2007), do Snow Patrol, foi sincronizada com o curta "C'était un rendez-vous" (1976), rodado em plano-sequência por Claude Lelouch. O diretor de Um Homem, uma Mulher (1966) chegou a ser preso pela imprudência na condução de seu Mercedes pelas ruas de Paris durante as filmagens.

John Frusciante, do Red Hot Chili Peppers, não é um motorista na vida real, mas aparece dirigindo um enferrujado Pontiac Catalina 1967 em "Scar Tissue" (1999). O clipe é do fotógrafo Stéphane Sednaoui, que trabalhou em videoclipes até os anos 2000 e filmou Billy Corgan e seu carrinho de sorvete em "Today", dos Smashing Pumpkins.

Por falar nos Pumpkins, no nostálgico "1979" (1996), Corgan canta sobre suas memórias adolescentes em Chicago no banco traseiro de um carro. Vencedor do MTV Video Music Award como Melhor Clipe Alternativo, foi dirigido pelos famosos Jonathan Dayton e Valerie Faris, responsáveis por Pequena Miss Sunshine (2006) e Ruby Sparks: A Namorada Perfeita (2012).

Em "No One Knows" (2002), os membros do Queens Of The Stone Age viajam em uma caminhonete à noite e atropelam um veado, que passa a atacá-los. Dave Grohl não faz parte da banda, mas participa da aventura na bateria. O clipe foi codirigido por Michel Gondry (dono de um especial na coluna) e Dean Karr, que tem no currículo, além do ucraniano Las Meninas (2008) e curtas como The Silent Children (2013), o clipe do cover mais bizarro de todos os tempos: "Sweet Dreams" (1998), do Marilyn Manson.

Um Chevrolet Camaro 1969 é guiado pela banda virtual Gorillaz em "Stylo" (2010), estrelado por Bruce Willis. Peter Candeland já fez outros clipes do conjunto e contribuiu com animações infantis como Balto (1995).

"Old Fangs" (2010), do Black Mountain, parte de uma viagem de carro a uma experiência psicodélica. Mike Bruce, responsável pelo clipe, também dirigiu o mal avaliado faroeste The Legend of God's Gun (2007), Treasure of the Black Jaguar (2010) e vídeos de Noel Gallagher (ex-lider do Oasis).

Gwen Stefani  vai de carro a uma rave em "New" (1999), do No Doubt, parte da trilha sonora do longa Vamos Nessa (1999). Jake Scott dirigiu o clipe e, além de curtas, fez Plunkett & Macleane (1999) e Corações Perdidos (2010), com James Gandolfini e Kristen Stewart. Ele também já deixou os membros do R.E.M. presos no engarrafamento em "Everybody Hurts" (1993) e passeou com Thom Yorke no carrinho de supermercado em "Fake Plastic Trees" (1995).

Apesar de figurinhas carimbadas aqui no Cineclipado, não podemos deixar de citar os épicos "road clips" "Crazy", do Aerosmith, e "Sabotage", dos Beastie Boys. "Karma Police", do Radiohead, também já foi comentado no especial Jonathan Glazer.

Faixas-bônus

Bono Vox se declara para a amada de diversas formas, levado por um carro em "Sweetest Thing" (1998), do U2. Kevin Godley, o realizador, já dirigiu videoclipes de Paul McCartney, Sting e Eric Clapton.

Cenas de Corrida Contra o Destino (1971) podem ser conferidas em "Show Me How to Live" (2002), produzido por Allan Wachs e dirigido por AV Club. Chris Cornell, do Audioslave, dirige uma réplica do Dodge Challenger 1970, carro usado no filme.

Em "One For The Road" (2013), do Arctic Monkeys, o guitarrista Jamie Cook comanda um trator em um milharal. O vídeo é de autoria do Focus Creeps, dupla que já dirigiu outros clipes da banda.

Para fechar, confira as sugestões de Antônio Tinôco: o divertido vintage "Whoever You Are", do Geggy Tah, o misterioso "Dream On", do Depeche Mode, e a corrida de Jay Kay em "Cosmic Girl", do Jamiroquai, além da aventura de Linda Perry ao lado da atriz Juliette Lewis (Assassinos por Natureza) em “Can't Getcha Out Of My Mind”, do Deep Dark Robot.

E você, também vibrou com Mad Max nos cinemas? Lembrou-se de algum “road clip” que faltou aqui, de preferência com ligações cinematográficas? Deixe suas observações nos comentários!


Seja o primeiro a comentar!

 

Publicidade

Publicidade

Colunista:

Stephania Amaral

Publicidade

 

Redes Sociais Sobre